Como montar um APP: 5 dicas para te ajudar a começar

Como montar um APP: 5 dicas para te ajudar a começar

Como montar um APP: 5 dicas para te ajudar a começar

 

Como montar um APP? Você provavelmente vai se ver diante desta indagação em algum momento de sua vida profissional. E pode ser empreendendo ou trabalhando em uma empresa. Seja no setor de prestação de serviços, loja de roupas em um shopping center, trabalhando no marketing de uma pequena empresa, sendo gerente de produto em uma multinacional etc, você vai no mínimo participar de um projeto de “Como montar um APP”, caso não esteja liderando-o. 

Em primeiro lugar, independente do setor de atuação do seu APP ou investimento necessário, “Como montar um APP” exige que você tenha em mente dois pontos:

1.     Existem inúmeras metodologias e fornecedores envolvidos na questão de “como montar um APP”. E claro, uma variedade enorme de custos associados de acordo com a complexidade do seu APP

    a.     Escolha a melhor metodologia segundo o perfil de seu negócio e equipe envolvida (scrum, canvas, PMO, MVPs etc)

    b.     Decida se será necessário parceiros externos, seja para conduzir o projeto digital fim-a-fim ou para etapas específicas do desenvolvimento. Pode ser que seu negócio e/ou empresa que trabalha tenha esta capacitação internamente e não seja necessário ajuda externa. Ela não é obrigatória para o sucesso de como montar seu APP, mas veja se será necessária para se planejar e ajudar na montagem de seu cronograma e cenários e planos de ações.

    c.      Tenha um macro cronograma com pontos de entrega claros e que contenha cenários alternativos. Ou seja, tenha um cronograma com prazos e objetivos (“entregáveis”) mas que tenha pontos de risco mapeados com cenários já planejados para seus “Planos Bs” caso algo aconteça fora do planejado.

2.     E prepare-se para muito esforço para escalar seu APP: são lançados 4,6mil novos APPs por dia no mundo, segundo ThinkMobiles, 42matters, Evansdata, TudoCelular – no Brasil 130. Ou seja, diariamente os usuários de APPs, dentre os quais seus futuros e potenciais clientes, são inundados com novas opções. E no geral, utilizam entre 5 e 10 com regularidade. No Brasil, temos quase 01 smartphone por habitante – ao redor de 227milhões de celulares ativos.

Agora, vamos às 5 dicas para te ajudar a começar a responder “Como montar um APP?”:

1.     Qual o objetivo do seu APP? Ou seja: qual o valor entregue ao usuário? Lembre-se de que o APP não é o negócio em si, mas uma plataforma digital para se comunicar e comercializar seus P&S com seu público-alvo. Você deve ter uma resposta muito clara e objetiva, de forma que qualquer pessoa que ler sua resposta vai entender sem precisar te perguntar nada. Não estamos entrando no mérito de avaliar se existe ou não demanda para seu APP ou a forma de monetizar seu APP, isto demandaria análises profundas de mercados e cenários futuros. Estamos falando de você conseguir explicar para seus clientes potenciais o valor que seu APP está entregando a eles. Atende um desejo e/ou necessidade.

2.     Quais e quem são seus “Usuários”? O seu APP terá clientes. Mas também poderá ter parceiros e fornecedores, sistemas interligados, um sistema admin, enfim o ecossistema entorno do seu APP. Mapeie e tenha em mente todos os papéis e responsabilidades para seu APP, incluindo sistemas que ele tenha que interagir

3.     Qual a Jornada ou Experiência do Usuário (os famosos iX, UX/UI)? Lembre-se que seu APP roda majoritariamente em um device móvel, ou seja, tem uma tela “pequena”. Claro que ele também poderá ser utilizado em tablets ou notebooks, mas mais de 80% dos acessos serão via um smartphone. Ou seja, poucos clicks para se chegar ao objetivo principal do APP (nossa Dica #01). E poucos campos para “digitar” com uso máximo de “marque sua resposta” (sejam listas ou formulários de múltipla escolha). Tenha em mente quantos clicks e/ou telas o usuário vai percorrer para chegar no objetivo do seu APP. Logins, cadastros e demais campos obrigatórios tem influência direta em facilitar (ex: login com facebook) ou dificultar (ex: 10 campos obrigatórios para se cadastrar) a adoção e uso de seu APP. Além disso, as funções ou features do seu APP podem exigir licenças específicas do Android (Google Play) e iOS (Apple Store).

4.     Quais as tecnologias envolvidas? Selecione as tecnologias apropriadas segundo o objetivo do seu APP, sua equipe envolvida (própria e/ou parceira) e seu público-alvo (seus usuários). Seu APP pode ser desenvolvido híbrido vs nativo; com site associado; com sistema admin e sub-admin etc podendo ser hospedado em servidor próprio e/ou nuvem e tendo de ser estruturados para a quantidade potencial de usuários e movimentações dentro do APP. O “gestor do seu APP” (seja você ou alguém da sua equipe) precisa estar em sintonia com os “desenvolvedores” do seu APP desde o início do planejamento do seu APP. Em outras palavras: eles devem estar envolvidos quando você começar a responder à pergunta de “Como montar um APP?”.

5.     Ele custa para fazer, custa para manter, custa para gestionar, custa para atualizar. É claro que todos sabem que tem custo envolvido, mas ao seguir nossas 4 dicas acima e os 2 pontos que abrimos este texto, você deve ter mais claro todos os envolvidos (sócios, colaboradores, decisores, gestores, fornecedores, parceiros etc) na montagem e gestão do seu APP. Incluindo atualizações e novidades do seu APP e também atualizações de segurança ou procedimentos pela Android e iOS. Quanto mais você se planejar e ter cenários alternativos, mais você vai economizar no custo total da montagem e gestão do seu APP. É muito importante você ter claro as métricas de sucesso e resultados esperados para seu APP na linha do tempo do seu cronograma: seja quantidade de acessos e/ou valor monetário gerado. Você deve acompanhar se seu APP está gerando estes resultados no timing que você esperava. É importante para você ter seu ROI (retorno sobre investimento, ou seja, para cada R$1,00 investido, ele está retornando R$X,00 e/ou Y acessos por dia) e ajustar seu plano de ações sempre que necessário.

Para responder à pergunta “Como montar um APP”: defina, planeje com alternativas para seguir no seu desenvolvimento, implante seu plano de ações e acompanhe os resultados para correções de rotas. Gestione sempre e envolva todos desde o início.

Lembre-se são 5 etapas: definir, planejar, desenvolver, implantar e gestionar. Tenha em mente os dois pontos e cinco dicas que apontamos para começar.